História Eco Drive - Citizen

Uma nova ideia de relógio.

A Citizen foi a primeira empresa a compreender e desenvolver o grande potencial da energia que a luz gera. Somos pioneiros neste campo porque criámos o Eco-Drive, uma tecnologia que esteve sempre à frente do seu tempo.

Primeiro no mundo, um momento histórico.

Nos anos 70 houve uma rápida disseminação dos modelos de quartzo com pilhas, em detrimento dos mecânicos. Embora os modelos de quartzo sejam precisos e fiáveis, são limitados pela duração relativamente curta da pilha, com a necessidade de substituição periódica da mesma e com os inconvenientes relacionados.

A solução da Citizen: usar a luz solar para gerar energia.

Em 1973, a crise do petróleo sensibilizou a opinião pública para a questão das energias alternativas. Naqueles anos, as células solares ainda eram uma tecnologia inovadora, mas com a já clara vantagem de serem uma fonte de energia limpa.

Foi aqui que nasceu a nossa ideia de usar a tecnologia de carregamento de luz para criar um relógio ecológico que não dependesse de pilhas de utilização única.

O sistema que concebemos consistia numa célula solar colocada no mostrador que transformava a luz em eletricidade, que por sua vez era equipada com um circuito integrado que a transformava em movimento.

A Citizen foi a primeira a enfrentar o desafio, desenvolvendo uma tecnologia inovadora que oferecia grandes vantagens.

A revolução Eco-Drive

Na década de 80, outras empresas também começaram a produzir relógios movidos a energia solar, mas a Citizen tinha muitos anos de vantagem e a sua tecnologia foi sempre a mais eficiente.

Por exemplo, enquanto que os relógios de sol de outras marcas tinham uma reserva de energia média de 2 dias, a Citizen, em meados dos anos 80, introduziu o modelo Analogic Solar Cell com uma reserva de carga quatro vezes superior, graças à notável eficiência energética que o caracterizava: necessitou apenas de uma hora e meia para recarregar e rodar um dia inteiro, um terço do tempo que demoram os produtos da concorrência.

Graças aos avanços na tecnologia de carregamento de luz, o relógio Citizen pôde ser recarregado não só com luz solar, mas também com luz artificial. Na década de 90, a Citizen introduziu o acumulador (bateria que pode ser recarregada repetidamente) nos seus modelos, o que permitiu definir o padrão mínimo para os relógios Citizen Eco Drive: uma reserva de carga de pelo menos 6 meses.

Eco-Drive. Uma evolução contínua.

A Citizen cria novas tecnologias que reescrevem as regras e aprimoram-nas continuamente para aproveitar ao máximo o potencial da ideia inicial. A evolução do sistema Eco-Drive é um exemplo de como resultados impensáveis podem ser obtidos a partir de um projeto com grandes perspetivas.

O trabalho de investigação e desenvolvimento realizado pela Citizen, que tem melhorado constantemente a eficiência do sistema Eco-Drive ao longo do tempo, permitiu alcançar desempenhos muito elevados atualmente em termos de precisão no tempo de medição, reserva de carga e alcance de funções disponíveis.